domingo, 13 de agosto de 2017

Criminosos procurados gravam vídeo para ameaçar inimigos e a polícia; vídeo



Vídeo da dupla foi compartilhado no Facebook pelas autoridades como forma de alerta.

video

Criminosos identificados pela Polícia Civil do Pará como Tailândia e Jales gravaram um vídeo que está circulando na redes sociais. Na imagens eles ostentam armas e exibem seu poder de periculosidade, afirmando que vão matar os inimigos e a polícia.
O conteúdo mostra como as quadrilhas da região Norte do país estão cada vez mais ousadas, com integrantes mostrando seus rostos sem nenhum receio de serem identificados mais facilmente e presos posteriormente.
Páginas especializadas em fatos policiais publicaram as imagens como forma de alertar a população e também de pedir que aqueles que tenham qualquer tipo de informação ou pista do paradeiro da dupla, que entrem em contato para denunciar. A denúncia pode ser feita de forma anônima, pelo 190
Na introdução do vídeo compartilhado por autoridades policiais pelo Grupo Kveira, consta que ambos são comparsas do finado “Suíno Rabicó”, um apelido para um criminoso de alta periculosidade da região. “Eles estão na cidade e já foram vistos. Os dois são de alta periculosidade, por isso, se avistarem, comuniquem a Polícia Civil ou Militar”. O título da postagem é “vermes malditos”.
Nas imagens é possível ouvir os dois bandidos com muita ousadia prometendo aterrorizar as comunidades de Marajó.
“Estamos aqui em Belém do Pará, eu e meu irmão Jales”, diz o bandido negro, com um arma em primeiro plano. O amigo reforça o “salve”.
“Tamo aqui e vamos para Marajó. E não vamos de touca não, ó”, diz o colega, de boné preto e óculos escuro, empunhando seu revólver.
“E vamos matar os inimigos que estão a fim de pegar os irmãos”, completa o parceiro.
“Não vamos de touca pros caras que querem pegar. A polícia também”, avisa o outro.
“Isso mesmo. Nós vamos para pegar. Não pra fazer touca não”, complementa o comparsa.
“Não é de mentira não. Mentira não, ó aqui”, finalizam. O vídeo termina após 38 segundos de ameaças.
No post não há informações sobre o motivos pelo qual os dois jovens são procurados.
Nos comentários do post, internautas demonstram o desejo de ver os dois meliantes mortos. “Mata logo, praga se mata, se não se alastra”, diz um rapaz.
O outro seguidor nada escreve, mas em compensação publica como comentário um Gif (animação) com vários tipos de caveiras e a frase “Comida de urubu”.
https://news365.com.br/index.php/2017/08/12/criminosos-procurados-gravam-video-para-ameacar-inimigos-e-policia/2/

Nenhum comentário:

Postar um comentário