segunda-feira, 24 de julho de 2017

Eram em aproximadamente 30 Bandidos...com certeza 12 deles desde a data dessa ocorrência nunca mais roubaram!!! 😈 Estão todos aqui comigo...😈

video


Plantão Policial MG compartilhou o vídeo de O Brasil do Bem.
7 h
ISSO DEVIA SER CONSTANTE
-1:35
21.429 visualizações
O Brasil do Bem
Eram em aproximadamente 30 Bandidos...com certeza 12 deles desde a data dessa ocorrência nunca mais roubaram!!!
😈 Estão todos aqui comigo...😈

Vejam a que ponto chegamos. Esses idiotas, falsos defensores dos direitos humanos, repressores da atuação da Polícia e coniventes com a vagabundagem, estão tornando a situação insustentável.


video

Vejam a que ponto chegamos.
Esses idiotas, falsos defensores dos direitos humanos, repressores da atuação da Polícia e coniventes com a vagabundagem, estão tornando a situação insustentável.
Policiais estão sendo afrontados diariamente, em um claro enfraquecimento do Estado. 
Quem vai pagar o pato e não vai demorar muito é a sociedade, que por desconhecimento ou conivência com partidos políticos, se coloca contra a Polícia ou qualquer instituição repressora, compactuando com a desmoralização do sistema.
Se o morro descer, salve-se quem puder.
Vejam o vídeo.
Vilela Tavares com Rua Ernestina, no Lins de Vasconcelos.
Inadmissível.

A BANDIDAGEM E OS PROTETORES DE BANDIDOS, VÃO PIRAR COM ESSA UNIÃO - Marcha Nacional em defesa dos Policiais Militares


video


Plantão Policial MG compartilhou o vídeo de Major Olimpio.
3 h
A BANDIDAGEM E OS PROTETORES DE BANDIDOS, VÃO PIRAR COM ESSA UNIÃO



Enquanto o DESgoverno ABANDONA e MASSACRA nossos heróis, a população se AJOELHOU e OROU hoje na Marcha Nacional em defesa dos Policiais Militares, e nossos guerreiros responderam com continência em agradecimento!
A vocês que se preocupam conosco, "MUITO OBRIGADO"...

Janaúba MG. POLÍCIA MILITAR PRENDE DOIS HOMENS E APREENDE ARMA DE FOGO na Rua Curvelo, Bairro Cerâmica.





(Janaúba) Na noite de sábado (22), o Copom recebeu a informação de que haviam ocorrido disparos de arma de fogo na Rua Curvelo, Bairro Cerâmica.
No local, após entrevista com testemunhas, as guarnições realizaram o rastreamento localizando o suspeito no Beco Gorutuba. Ele resistiu à prisão, empurrando os militares e tentando fugir, sendo necessário o uso de técnicas de imobilização para contê-lo. Após a prisão, diversos familiares tumultuaram a ocorrência e tentaram arrebatar o preso. O irmão do preso, K.J.A.S., de 18 anos, agrediu os militares com socos e empurrões.
Face ao exposto, K.J.A.S. foi preso e conduzido à Delegacia juntamente com M.H.A. A arma de fogo, um revólver, calibre .32, carregado com 04 munições intactas e 02 deflagradas, foi localizada e apreendida.

Montes Claros MG. Circuito de segurança flagra mulher furtando anel de quase R$ 7 mil

Circuito interno da loja
















Uma mulher furtou um anel avaliado em R$ 6,900, numa loja no Montes Claros Shopping, na tarde do último domingo (23).
As imagens do circuito mostram que a suspeita entra na loja como cliente, pediu para ver as peças e o atendimento de praxe foi feito. A atendente pega os produtos e a acusada coloca no dedo dois anéis e disse que iria olhar no espelho. Momento em que ela se afasta do balcão, caminha até na frente e, quando volta, distrai a vendedora e põe a mão na bolsa. Quando retira, devolve apenas um anel. 
Pouco tempo depois, em um outro atendimento, funcionários da loja percebem a falta da peça, de ouro de 18 quilates, no valor de R$6.900,00. 
O boletim de ocorrência foi feito junto a Polícia Militar, no mesmo dia, às 21hrs. Esse é o primeiro furto registrado na loja, em 2017. 
Confira o flagrante feito pelas câmeras de circuito interno da loja.



http://webterra.com.br/noticia/11757/circuito-de-seguranca-flagra-mulher-furtando-anel-de-quase-r-7-mil 



500 vagas para cursos em EaD são oferecidos na Unimontes

Ascom/Unimontes














Começam dia 31 de julho permanecem todo mês de agosto, as inscrições para os cursos de Licenciatura em Pedagogia e para cursos em Tecnologia em Gestão Ambiental, Tecnologia em Gestão de Saúde Pública, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e de Tecnologia em Sistemas para Internet, oferecidos pelo Centro de Educação a Distância (CEAD) da Universidade Estadual de Montes Claros. 
Ao todo, são 500 vagas e os cursos são gratuitos. Podem concorrer às vagas candidatos que já tenham concluído o ensino médio ou equivalente. 
Os cursos são financiados pelo Ministério da Educação (MEC), por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Os cursos gratuitos serão realizados na modalidade a distância em municípios polos que integram o programa Universidade Aberta do Brasil (UAB), do MEC. O documento está disponível no endereço eletrônico www.ceps.unimontes.br.
Segundo o edital, o processo seletivo comtempla o sistema de reservas de vagas e tem caráter eliminatório e classificatório com provas de múltipla escolha e conteúdos específicos. As provas serão aplicadas no dia sete de janeiro nos polos escolhidos pelos candidatos no ato da inscrição.

A distribuição das vagas é a seguinte:
Pedagogia (Licenciatura)
Urucuia: 50 vagas
Várzea da Palma: 50 vagas
Tecnologia em Gestão Ambiental (Tecnólogo)
Pedra Azul: 50 vagas
Rio Pardo de Minas: 50 vagas
Tecnologia em Gestão em Saúde Pública (Tecnólogo)
Joaíma: 50 vagas
Montes Claros: 50 vagas
Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Tecnólogo)
Bocaiúva: 50 vagas
Pompéu: 50 vagas
Tecnologia em Sistemas para Internet (Tecnólogo)
Brasília de Minas: 50 vagas
Janaúba: 50 vagas
 
Informações
Site: www.ceps.unimontes.br
Informações: (38) 3229-8330 e 8332.

http://webterra.com.br/noticia/11754/500-vagas-para-cursos-em-ead-sao-oferecidos-na-unimontes

Varginha já tem data marcada para receber CONGRESSO INTERNACIONAL DE UFOLOGIA. O evento acontecerá em Janeiro de 2018.




👽 👽 👽 👽 👽
Varginha já tem data marcada para receber CONGRESSO INTERNACIONAL DE UFOLOGIA.
O evento acontecerá em Janeiro de 2018.
A iniciativa é da Secretaria de Turismo e Comércio de Varginha.
De acordo com o secretário Barry Charles, o congresso trará inúmeros benefícios ao município. 
VARGINHA é reconhecida MUNDIALMENTE pelo CASO ET. — em  Varginha

Filho de desembargadora e presidenta do TRE/MS é preso com drogas e arma Conforme a revista eletrônica, autoridades revelaram que o empresário usou o nome da mãe para não ser revistado e preso.



Breno Fernando Solon Borges, 37 anos, foi preso no sábado (8) com 130 quilos de maconha, uma pistola nove milímetros e 199 munições de fuzil calibre 762, de uso exclusivo das Forças Armadas. Dono de uma serralheria em Campo Grande e monitorado há 15 dias pela Polícia Federal, ele foi preso ao ser abordado pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na BR-262, perto de Água Clara. A revelação de que ele era filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, presidente do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) e integrante do pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul,  foi divulgada ontem à tarde pelo site Consultor Jurídico.

Tribunal solta filho de desembargadora preso com 130 quilos de maconha, arma e munições

Conforme a revista eletrônica, autoridades revelaram que o empresário usou o nome da mãe para não ser revistado e preso. As drogas e as munições estavam sendo transportadas no reboque, que levava uma motocicleta Honda CBR 1000. Breno, a namorada de 18 anos e um serralheiro foram presos e encaminhados para a delegacia da Polícia Federal em Três Lagoas.
Breno é um dos três filhos da presidente do TRE-MS. Ele é considerado problema para a mãe, que nunca interferiu para livrá-lo das confusões em que se meteu. A prisão no fim de semana foi a segunda deste ano. No dia 24 de fevereiro deste ano, o empresário foi preso por porte ilegal de arma ao retornar do Paraguai com uma pistola. Na ocasião, à PRF, ele alegou que tinha comprado a arma para a defesa pessoal.
Foi detido e liberado após pagar fiança. No dia 31 de março deste ano, o MPE (Ministério Público Estadual) formalizou a denúncia com base no artigo 16 do Estatuto do Desarmamento. O interessante é que sábado ele portava outra pistola nove milímetros.
Em 2015, conforme o site do Tribunal de Justiça, ele foi condenado por receber R$ 4 mil e não entregar o serviço, a confecção e a instalação de cinco portões de elevação. Desde a sentença, o oficial de Justiça não o encontrou para penhorar os bens e garantir a restituição da empresa vítima.
Autor: http://blogdonelio.com.br
Fonte: http://blogdonelio.com.br

http://www.onortao.com.br/noticias/filho-de-desembargadora-e-presidenta-do-trems-e-preso-com-drogas-e-arma-,98518.php

Tribunal solta filho de desembargadora preso com 130 quilos de maconha, arma e munições Breno vem a ser filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, presidente do Tribunal Regional Eleitoral e integrante do Pleno do TJ do Mato Grosso do Sul. Que coisa, não?

Resultado de imagem para BRENO FILHO DESEMBARGADORA
Breno ostenta vida luxuosa em rede social. Foto: Reprodução
O plantão judiciário do TJ-MS, sexta passada, soltou Breno Fernando Solon Borges, 37 anos, preso com 130 quilos de maconha, 199 munições de fuzil calibre 762 e uma pistola nove milímetros. Contra ele, havia dois mandados de prisão, que foram suspensos pela Justiça.
Segue...
Breno vem a ser filho da desembargadora Tânia Garcia de Freitas Borges, presidente do Tribunal Regional Eleitoral e integrante do Pleno do TJ do Mato Grosso do Sul. Que coisa, não?
Sobre o autor
Ancelmo Gois
Ancelmo Gois
Ancelmo Gois, 66 anos, é, modéstia à parte, sergipano de Frei Paulo, casado com Tina, pai de Antonio e Bia, avô de Carol, Francisco e Rosa. Gosta de carne de sol, carnaval, cuscuz de milho, livros biográficos e suco de umbu
Autor: O GLOBO
Fonte: O GLOBO
http://www.onortao.com.br/noticias/tribunal-solta-filho-de-desembargadora-preso-com-130-quilos-de-maconha-arma-e-municoes,98517.php

25 de julho - Dia do Produtor Rural - Mensagem do Prefeito de Nova Porteirinha, Juracy Fagundes.

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, texto

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1582525801771548&set=a.502687496422056.118176.100000424305156&type=3&theater

Oliveira Júnior


Fazenda é invadida e depredada em Marabá, diz polícia - Policiais informam que grupo com cerca de 60 pessoas invadiu e depredou a Fazenda Mutamba, localizada no sudeste de Marabá.

Parte da Sede da fazenda foi destruída (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Parte da Sede da fazenda foi destruída (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

video


Polícia Civil do Pará investiga a invasão da fazenda Mutamba, em Marabá, sudeste do Pará. De acordo com os policiais, o crime ocorreu por volta das 7h da manhã de domingo (23), quando um grupo com cerca de 60 pessoas ocupou e depredou a propriedade. Segundo informações do delegado Alexandre Silva, da Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá, a invasão teria sido uma retaliação após a Justiça ter determinado a retirada do grupo do local.
De acordo com informações do delegado Alexandre Silva, o grupo fortemente armado chegou a incendiar o local. Ainda de acordo com a polícia, os seguranças da fazenda foram surpreendidos pelo grupo, e não conseguiram evitr o incêndio. “Eles não tiveram como reagir porque era muita gente, só deu tempo de salvar as famílias que estavam no local. A intenção não foi ferir ninguém e sim destruir a fazenda”, dise o delegado.
Peritos estiveram pela parte da manhã no local para averiguar os estragos causados. Parte da sede da fazenda, o curral e veículos foram destruídos. As investigações continuam e, até o momento, ninguém foi preso.
Veículos foram queimados (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Veículos foram queimados (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

http://g1.globo.com/pa/para/noticia/fazenda-e-invadida-e-depredada-em-maraba.ghtml

Bandidos armados assaltam residência e espancam vítimas em Livramento de Nossa Senhora


Polícia  Postado por Willyam Reis - 24/07 14:09h
Bandidos armados assaltam residência e espancam vítimas em Livramento de Nossa Senhora
Na noite do último domingo (23), um assalto foi registrado em uma residência localizada aos fundos do Clube Tio Dedé, na Avenida Dr. Nelson Leal, no centro de Livramento de Nossa Senhora. Dois marginais encapuzados e armados chegaram ao local do crime em uma motocicleta e arrombaram a porta da imóvel. No interior da casa, eles renderam dois homens. Os bandidos agrediram as vítimas e as deixaram amordaçadas e trancadas em um quarto. Em seguida, subtraíram uma TV, um notebook e um aparelho de som e fugiram. As vítimas conseguiram se soltar após ficarem algumas horas amarradas com um fio de energia e acionaram a polícia. O caso foi registrado no Batalhão de Comando da Polícia Militar de Livramento. (AcheiSudoeste)

Simões Filho: Polícia investiga duplo homicídio no Centro Industrial de Aratu


Polícia  Postado por Willyam Reis - 24/07 14:39h
Simões Filho: Polícia investiga duplo homicídio no Centro Industrial de Aratu
Dois corpos ainda não identificados foram encontrados na manhã desta segunda-feira (24) no Centro Industrial de Aratu (CIA), em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Segundo a Central de Polícias, o caso foi registrado por volta das 6h na Via Periférica 1, entre as empresas Atol e Frimasa. O Departamento de Polícia Técnica esteve no local para remover os cadáveres e o caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A região onde o crime foi constatado é bastante utilizada por criminosos para desova, uma área deserta para onde são levadas vítimas de homicídios. (Bahia.Ba)

14º BPM: Foragido da delegacia de Muniz Ferreira é capturado em Nazaré após operações contra o tráfico de drogas


Polícia  Postado por Willyam Reis - 24/07 15:53h
14º BPM: Foragido da delegacia de Muniz Ferreira é capturado em Nazaré após operações contra o tráfico de drogas
Neste último domingo (23), por volta das 21h20, guarnições do 14º Batalhão de Policia Militar da cidade de Aratuípe, Muniz Ferreira e Nazaré, realizaram patrulhamentos na Rua do Cajueiro, bairro da Muritiba e Zona Vermelha, em Nazaré, em prol da “Operação Nazaré em Paz”, que visa combater o tráfico de drogas da região, mais especificamente contra a facção criminosa conhecida como “Katiara”. Segundo informações da PM, após abordagens, as guarnições prenderam Regivan Oliveira dos Santos, 19 anos, onde o mesmo é fugitivo da delegacia do município de Muniz Ferreira. O acusado foi encaminhado para a delegacia de Nazaré, juntamente com 1 aparelho celular e R$ 50,00 reais em espécie.
Informações da Polícia Militar

Denúncias de maus-tratos em clínicas psiquiátricas sobem 49% no país..

Relatório mostra que, em 2016, houve um registro a cada três dias de casos como abuso sexual, trabalho forçado e cárcere privado

ctv-wfx-araoiaba-1
Pacientes de clínica interditada se abrigam em ginásio em Araçoiaba da Serra Foto: EPITACIO 
acientes de clínica interditada se abrigam em ginásio em Araçoiaba da Serra Foto: 
EPITACIO PESSOA/ESTADÃO
SÃO PAULO - Abuso sexual, restrição alimentar, castigos, trabalho forçado, cárcere privado e até agressões com luvas de boxe e eletrochoque. Essa é a extensa lista de maus-tratos relatada pelos pacientes da comunidade terapêutica Ibanez Lattanzio, em Araçoiaba da Serra, no interior de São Paulo. O fechamento do local, na semana passada, mostra que, mesmo após a reforma psiquiátrica no País, há 16 anos, pacientes com transtornos mentais seguem sendo vítimas de negligência e crueldade em centros médicos que deveriam tratá-los.
Números inéditos de um relatório do Ministério dos Direitos Humanos comprovam que o caso de Araçoiaba da Serra não é exceção. A cada três dias, uma denúncia de maus-tratos em unidades psiquiátricas é recebida pela pasta. Em 2016, foram 143 queixas de violações ocorridas em manicômios, hospitais psiquiátricos ou casas de saúde feitas ao Disque 100. O aumento é de 48,9% em relação a 2015, quando 96 casos do tipo foram relatados.

A unidade Ibanez Lattanzio, entidade privada que atua como comunidade terapêutica (serviço de acolhimento e tratamento de usuários de drogas), foi interditada após denúncias de irregularidades chegarem ao conhecimento do Ministério Público Estadual (MPE) e da Vigilância Sanitária municipal. No aspecto da higiene, a Prefeitura encontrou o local sujo, sem ventilação e com mau cheiro. O MPE entrou na Justiça contra a clínica ao descobrir que o local realizava internações forçadas de pacientes, o que contraria a legislação das comunidades terapêuticas, cuja previsão é de só entrarem pacientes dependentes químicos que concordam com o tratamento. 
“Era um grande depósito de gente. Tinha dependentes químicos graves, jovens que vivem de clínica em clínica, idosos com histórico de alcoolismo ou simplesmente início de demência e até pacientes com outros problemas psiquiátricos”, relatou ao Estado uma agente de saúde que já visitou o local e pediu anonimato. “Eles ficavam internados por anos. A família pedia a internação, contratava um serviço de resgate que praticamente sequestrava o paciente na própria casa e o levava para a clínica. Um médico da própria unidade dava o atestado para a pessoa ficar internada contra a vontade.” 
ctv-raf-araoiaba-2
Pacientes foram removidos de clínica psquiátrica interditada no interior de SP Foto: EPITACIO PESSOA/ESTADÃO
No último dia 14, a Justiça determinou, a pedido do MPE, o fechamento da ala das internações forçadas. Cerca de 80 internos foram soltos em massa, saíram a pé e tomaram o rumo da cidade, caminhando pela Rodovia Raposo Tavares. Parte deles ainda está desaparecida e o MPE pediu à Justiça que a entidade seja multada em R$ 1 mil por paciente não localizado ao dia. Alguns dias depois, a Vigilância Sanitária fechou todos os espaços do centro e levou cerca de 200 pacientes para um ginásio municipal, de onde eles foram sendo retirados aos poucos por familiares.
Foi após a interdição total que a Prefeitura recebeu as denúncias de maus-tratos, como agressões e abuso sexual. A Prefeitura disse que irá encaminhar as queixas ao MPE. 
Uma estudante de Direito de 23 anos, que ficou internada por sete meses na instituição em 2014, relatou ao Estado trauma com o tratamento. “Faço terapia até hoje. Havia punições até com murros e água gelada. Os ‘disciplinas’ (outros pacientes) é que aplicavam o castigo.” Ela diz ter entrado em depressão após sair da clínica. “Muitas vezes ficávamos abandonados”, conta ela, que foi internada por causa do vício em cocaína. 
A comunidade afirma que os pacientes saíram “por vontade própria” e que o centro “não teve como impedir a evasão dos mesmos”. No mesmo município, outros 12 centros de internação passam por fiscalização do MPE. “Sabemos que algumas não têm sequer alvará de funcionamento”, diz a promotora Maria Aparecida Castanho. 
Em nota, a clínica afirmou que a interdição foi uma medida “açodada” e que a ordem judicial determinava a interdição só da ala de internação voluntária. “A clínica entende que houve falta de cuidado na atitude dos envolvidos no processo para com os pacientes em tratamento que foram levados para a cidade de Araçoiaba da Serra sem suas refeições e sem medicamentos.” O advogado do centro terapêutico, Anésio Lima, negou os maus-tratos e prepara medidas judiciais para “restabelecer a verdade dos fatos”. Já a prefeitura disse que vai pedir ressarcimento dos custos que teve para atender internos retirados da clínica. 

Outros casos

Assim como a Ibanez Lattanzio, outras comunidades terapêuticas do Estado têm sido denunciadas por maus-tratos. Relatório do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, finalizado em 2016, revela violações de direitos humanos em 40 estabelecimentos do tipo espalhados por 28 cidades.
A partir de inspeções e relatos de pacientes, o conselho descobriu nas unidades problemas como trabalho forçado, hipermedicalização, más condições de higiene, castigos físicos, retirada de pertences pessoais e restrição de contato com famílias.
Em Goiás, uma comunidade terapêutica de Corumbaíba foi interditada em fevereiro após investigação do Ministério Público. O local – cujo nome não foi informado – é alvo de denúncia por cárcere privado, ao manter internados à força, além de descumprir regras de higiene.  
Para Marcos Garcia, psicólogo da Universidade Federal de São Carlos (UFScar), as práticas adotadas em algumas dessas unidades se comparam às dos manicômios. / COLABOROU JOSÉ MARIA TOMAZELA
Fabiana Cambricoli e Luiz Fernando Toledo, O Estado de S. Paulo
24 Julho 2017 | 03h00
http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,denuncias-de-maus-tratos-em-clinicas-psiquiatricas-sobem-49-no-pais,70001901646