segunda-feira, 16 de setembro de 2013

JAÍBA: MINISTÉRIO PÚBLICO ENQUADRA PREFEITO - Jimmy concordou em cancelar licitações do transporte escolar e a demissão imediata de servidores contratados


## Prefeito diz ‘não ter nada a temer’, mas adversários avaliam que acordo equivale a confissão de culpa em supostas irregularidades
O prefeito de Jaíba, Jimmy Murça (PCdoB), faz o que pode para se livrar de uma possível cassação antes mesmo de completar um ano no cargo. Uma semana após ter ido à Câmara de Jaíba entregar pessoalmente a sua defesa à Comissão Processante que apura denúncias de irregularidades no seu governo, Murça compareceu Ministério Público (MP) regional, em Montes Claros, onde foi devidamente ‘enquadrado’ pelos promotores Paulo Márcio Silva e Guilherme Roedel Fernandes Silva, da Coordenadoria Regional da Defesa do Patrimônio Público. 
Acompanhado do assessor jurídico do município, Alvimar Cardoso, o prefeito de Jaíba foi indagar aos promotores se estaria sendo alvo de investigação por parte do Ministério Público. Jimmy ficou sabendo o que todo mundo já sabia: que a Promotoria de Justiça da Comarca de Manga abriu inquéritos civis para apurar as denúncias de supostas irregularidades contra seus atos na administração municipal. Jimmy é acusado, entre outras ações que pode levar à improbidade administrativa, de prática de nepotismo, contratação de servidores sem concurso público, suspeita de fraudes em licitação para o serviço de transporte escolar e dispensa de licitação para obras de ampliação no hospital do município.

Acuado, o prefeito Jimmy aceitou pactuar um ajustamento de conduta com os promotores em que se comprometeu a demitir imediatamente todos os servidores não concursados (o que vai lhe causar desgaste político de dimensão ainda não avaliada), além de anular a licitação supostamente viciada para a contratação dos ônibus que prestam o serviço de transporte escolar no município.
Jimmy Murça terá que encaminhar ao Ministério Público até o dia 30 deste mês, minuta da licitação para a nova licitação do transporte público. Os promotores Paulo Márcio e Guilherme Roedel querem que o prefeito de Jaíba publique o edital definitivo para a contratação do transporte escolar no prazo de noventa dias. 
Para oposição, Jimmy 'deu tiro no pé'...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário